1. Ir para o conteúdo
  2. Ir para o menu
Espaço da Nathalia
15 de outubro de 2015

Feliz dia daqueles que te ajudam a descobrir o seu maior potencial

Compartilhar
Parabéns aos professores!
Formatura da graduação | Faculdade Damásio de Jesus (SP) | 2014
Formatura da graduação | 2014

Por causa da minha deficiência, tive muitos professores que não acreditavam no meu potencial, me menosprezaram e diminuíram. Mas, graças a isso, descobri como reconhecer verdadeiros profissionais da educação.

Escrevendo este texto, me vêm à cabeça três grandes professoras que estiveram presentes em ciclos diferentes da minha vida e foram fundamentais para que eu deixasse de me preocupar tanto com as coisas que não sou tão boa e começasse a reconhecer meus verdadeiros potenciais.

Desta pequena lista, a primeira foi uma professora na educação infantil, quando eu ainda não me virava tão bem com a minha deficiência. Ou seja, eu precisava de estímulos para brincar com outras crianças e caminhava de bracinho dado com as amigas, vencendo a preguiça e o medo de levar os primeiros tombos.

A segunda dava aulas de literatura no último ano do ensino médio. Era unanimidade: todo mundo gostava! Além de atuar como uma espécie de psicóloga da turma para todo tipo de aconselhamento, ela ainda nos ajudava a garantir um pouquinho de segurança em relação ao desconhecido mundo da faculdade que estava por vir.

A terceira, já na faculdade, foi minha orientadora de TCC. Logo depois que me formei, fui monitora dela, professora que nem me conhecia direito, pois não me deu aulas na graduação. Portanto, não sabia quais eram as minhas eficiências e deficiências. E isso fez toda a diferença para mim. Afinal, pela primeira vez, me senti olhada além da deficiência e pude demonstrar meu potencial. Ou seja, caso eu precisasse de algo, sabia que ela estaria disposta a ajudar. Porém, sem passar a mão na minha cabeça por conta da deficiência.

Vários outros professores, sim, também marcaram minha história por acreditarem em meu potencial. Mas essas três que menciono mostraram que meus medos eram iguais aos da maioria dos alunos, independentemente de deficiências ou não. Elas também me ensinaram a seguir em frente e que a deficiência não poderia paralisar o meu desenvolvimento como aluna.

E é por essas e outras que agradeço muito a todos os professores e, especialmente, a essas três que sempre se mostraram dispostas a me ajudar a levantar dos possíveis tombos para traçar uma nova rota.

Parabéns aos professores!

comentários comente

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *