1. Ir para o conteúdo
  2. Ir para o menu
Bem estar
31 de julho de 2015

Óculos para cegos detectam obstáculos

Compartilhar
Sistema utilizado pode ser comparado à maneira como morcegos se orientam

Bengalas oferecem grande auxílio aos cegos, pois garantem informações sobre as condições do caminho que está à frente. Porém, não detectam obstáculos suspensos, como orelhões, por exemplo.

Pensando em solucionar esse problema, os brasileiros Emily Schuler, 24 anos, estudante de psicologia, e Marco Antônio Penha, 27 anos, aluno de ciências da computação, desenvolveram os “óculos para cegos”, um acessório que permite detectar e evitar obstáculos. Segundo os idealizadores, o sistema utilizado pode ser comparado à maneira como os morcegos se orientam.

Óculos para cegoOs óculos funcionam a partir da emissão de ultrassom em uma faixa de frequência inaudível para as pessoas. Assim, quando detecta um obstáculo, o sistema ressoa e envia um sinal ao acessório que, automaticamente, faz vibrar uma pulseira utilizada pelo cego.

Batizada de Project Annuit Walk (PAW), a invenção conquistou o primeiro lugar no World Summit Youth Award 2015 (WYSA), evento que destaca empreendedores com menos de 30 anos que criam iniciativas digitais benéficas à sociedade.

A cerimônia de premiação aconteceu em junho, em São Paulo, na Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Em sua sétima edição mundial, pela primeira vez, o evento foi realizado no Brasil.

comentários comente

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *